Tamanho da fonte: a+ a-

Fortes realiza auditoria interna: Importante ferramenta de gestão, a auditoria interna revela os pontos fortes e o que precisa ser melhorado em uma empresa.

Em novembro, a Unidade de Negócio de Guaíba passou por uma auditoria interna para identificação da conformidade dos processos nos requisitos dos sistemas normativos ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e PBQP-H. O momento foi de identificação dos pontos fortes e análise do que precisa ser melhorado.

Realizada todos os anos, a auditoria interna é uma importante ferramenta de gestão. Utilizada para verificar a conformidade dos processos e o ambiente de trabalho, ela é feita pelos auditores internos, que são os próprios colaboradores. Isso contribui para uma boa verificação e busca de melhorias.

Manter o local de trabalho organizado e limpo; conhecer os procedimentos internos; estar em dia com as ações corretivas, preventivas e oportunidades de melhoria com relação às auditorias passadas, são alguns exemplos de como é possível cooperar com a empresa.

Um dos colaboradores que atua em Guaíba, Orlando Joaquim de Gois, subencarregado responsável pela Central de Armação, foi destaque na auditoria interna. A área que o profissional coordena estava organizada e limpa, com a devida separação da ferragem e indicação da bitola; e sinalizada, tanto no aspecto de qualidade, quanto no Orlando Joaquim de Gois e sua equipe no canteiro de obras da Unidade de Negócio de Guaíba de meio ambiente e segurança.

Havia, ainda, uma placa na máquina de corte e dobra com os nomes dos operadores que a operam, já que apenas pessoas treinadas podem manuseá-la. “No local, os colaboradores são conscientes dos riscos a que estão expostos e trabalham com a devida atenção, utilizando os EPIs necessários e outras medidas preventivas de segurança”, comenta Cristiane Magnago, coordenadora do Sistema de Gestão Integrada (SGI).

 

Você sabe o que é uma auditoria interna?

A auditoria interna tem como objetivo avaliar os processos, ou seja, se os  mesmos  estão  adequados  às normas,  a fim de apontar eventuais desvios e vulnerabilidade às quais a organização está sujeita.